sexta-feira, 30 de março de 2007

Estações

((poema que fiz...novo... já tinha publicado antes... mas deixo para um bom final de semana))

Viver a primeira segunda-feira de qualquer primavera,
sem ressentimentos com os anos.
Para cada tempo, memória.
Retroceder não é possível.
Retornar sim.
Em cada tic tac de todas as suas eras, saudade.
Viver o último sábado do verão,
sem ansiedade com o que ficou.
Depositar fotos, pessoas, lugares...
Deixar passar.
Ficar apenas com que o tempo deixou de necessário.
Apesar de todos os pedaços que ficam na sua linha que corre, sempre.
Reverenciar o outono na fertilidade de dias lindos.
Esperar na janela.
Pensar que esqueci você, no instante em que você podia parar.
Beijar as folhas mortas de todos os seus invernos.
Valorizar a cada instante.
Entender a conseqüência dos segundos.
Saborear a espera.
Paciência com a hora, o tempo e a distância de tudo.
Perceber a graça de um minuto.
Persistência na batida de cada necessidade.
Equilibrar o atraso.
Organizar o que ainda precisa ser feito.
Aproveitar o intervalo.
Saborear as seqüências de tempo.
Viver no compasso
Rodopiar no relógio maluco.
Fazer o momento.
Ouvir o gongo na pior hora. Enfim, agradecer as diferentes faces do tempo.

quinta-feira, 29 de março de 2007

Para viver um grande amor...

((lições de Vinícius de Moraes... e vamos combinar que ele entendia do que estava falando... afinal casou só 9 vezes...))
Para viver um grande amor, preciso
É muita concentração e muito siso
Muita seriedade e pouco riso
Para viver um grande amor
Para viver um grande amor, mister
É ser um homem de uma só mulher
Pois ser de muitas - poxa! - é pra quem quer
Nem tem nenhum valor
Para viver um grande amor, primeiro
É preciso sagrar-se cavalheiro
E ser de sua dama por inteiro
Seja lá como for
Há de fazer do corpo uma morada
Onde clausure-se a mulher amada
E postar-se de fora com uma espada
Para viver um grande amor
Para viver um grande amor direito
Não basta apenas ser um bom sujeito
É preciso também ter muito peito
Peito de remador
É sempre necessário ter em vista
Um crédito de rosas no florista
Muito mais, muito mais que na modista
Para viver um grande amor
Conta ponto saber fazer coisinhas
Ovos mexidos, camarões, sopinhas
Molhos, filés com fritas, comidinhas
Para depois do amor
E o que há de melhor que ir pra cozinha
E preparar com amor uma galinha
Com uma rica e gostosa farofinha
Para o seu grande amor?
Para viver um grande amor, é muito
Muito importante viver sempre junto
E até ser, se possível, um só defunto
Pra não morrer de dor
É preciso um cuidado permanente
Não só com o corpo, mas também com a mente
Pois qualquer "baixo" seu a amada sente
E esfria um pouco o amor
Há de ser bem cortês sem cortesia
Doce e conciliador sem covardia
Saber ganhar dinheiro com poesia
Não ser um ganhador
Mas tudo isso não adianta nada
Se nesta selva escura e desvairada
Não se souber achar a grande amada
Para viver um grande amor!

quarta-feira, 28 de março de 2007

O que vc quer ser?

Eu entrei no Second Life... pois eh... ainda não tinha falado sobre isso, porque achei melhor não discutir mais um vício aqui no blog... Vai ter propensão assim lá na China... Pois eh, além do cigarro, baixar música, CSI, agora tem o Second Life... É sensacional... sinceramente eu não sei o que dizer sobre isso. As pessoas falam as coisas mais absurdas possíveis... É cruel ver a vida virtual, paralela a vida real, o que será de nós? Como a vida virtual influencia a vida real? São temáticas muito complexas para um jogo que te faz viajar pelo mundo, vc pode ser o que quiser (desde que consiga se achar... tô nesta fase me achando ainda como pessoa na Second Life) O que é muito complexo, haja visto que eu não me achei ainda na primeira vida... Sinceramente acho que é um caminho sem volta... Formamos uma geração de humanos conectados... alguns mais outros menos, mas a vida digital é real e presente. O Second Life é um primeiro estágio na vivência do Cyberespaço de forma mais concreta. A Matrix. O que me chama atenção é o que o jogo permite: uma agência de publicidade abriu uma filial dentro do Second Life, o mesmo aconteceu com uma empresa de material para escritório. Outras empresas estão abrindo filial na Second Life. É no mínimo, dos mínimos muito louco!!! Fico pensando como poderia explicar isso para o meu avô Rezende que nunca saiu de Mar de Espanha e para ele comunidade era a reunião de pessoas na hora de pescar... Admiro muito a evolução humana e sua capacidade. Estou bege!!!

terça-feira, 27 de março de 2007

Explicando alienígenas nas bics

((este post é do blog velho, mas eu acho que o assunto voltou a tona, então é bom para entender...ehehe)

Coisas malucas que fazem sentido...
Eu adoro teorias de conspiração... Na sua maioria são grandes absurdos que entram para a história e para o nosso imaginário com a frase: será??? Quem sou eu para discutir... Quem quer se aprofundar no tema existe um livro muito divertido chamado Conspirações - Tudo o que não querem que vc saiba - de Edson Aran, da Geração Editorial e que se não me engano foi publicado em 2003. Tudo isso para dizer que eu tenho problemas com canetas... Eu nunca tenho uma quando preciso e quando não preciso elas estão ao montes na minha frente. Nunca me empreste uma caneta, eu vou levar e juro que é sem querer...Tenho uma mania que não sei explicar: só escrevo com caneta preta. Bic de preferência. Eu escrevo muito a mão, pode parecer esquisito... Tenho milhares de cadernos com anotações que nem eu mesmo sei... Tenho caderno de viagens, diários, agendas... escrevo meus livros (até agora só terminei um, mas estou na produção do segundo) no caderno primeiro e aí então passo para o computador... Sim eu sou maluca, isso todo mundo sabe... Poesia também escrevo em cadernos... Bom a questão é que existe uma teoria da conspiração que as canetas Bics são na verdade instrumentos dos alienígenas para nos vigiar... Imagine isso?? Quem no mundo não tem uma caneta Bic??? Faz todo sentido... O sistema de observação é tão complexo que é impossível detectá-lo, acredite existe gente que já fez essa pesquisa... Então tudo o que vc escreve, pensa, faz... os alienígenas estão de olho. Sabe aquela caneta na sua frente agora?? Pois é... Ela pode não ser tão inocente assim... E não adianta mudar de marca... dizem as más línguas que com o avanço da ciência extraterrestre, todas as canetas servem para observação... Se isso for verdade é muito engenhoso, vamos dar o braço a torcer, não teria pensado em nada mais eficiente... Você teria???

domingo, 25 de março de 2007

Churrasco

Esse final de semana foi de churrascos... Sábado niver da Mafê, churrasquinho na sua casa, com a presença dos ilustres Los cavuqueiros... Fico muito feliz em conversar com Fê, com Clau, Luísa, Alemão, Beta, Bowie e Bunitão. Fê!! Minha amiga mais brava e gentil, ao mesmo tempo!!! Ainda bem que eu não achei muito tempo que vc era uma loira chata, e fiquei sua amiga. Assim pude ter, pode ter a mais absoluta certeza, os momentos mais bonitos e engraçados da minha vida. Praia, Aeroanta, Bar do Fundão (lembra ??), aquele bar Alemão longe prá caramba.... Bom adorei!!! Sempre achei o Bunitão um cara muito legal. Mas vê-lo cuidando das duas filhas, sendo uma nenezinho, pensei não é todo mundo que faz isso... Parabéns. Conversa boa em dia lindo.... Fiquei muito feliz. Domingo churrasco do niver do Ricardinho (quantos arianos juntos!!). Amigos reunidos, saudades, pouco tempo, cerveja. Mas eu estava cansada. Voltei cedo. Mas foi bom, pelo menos para tirar sarro da cara da Pam, ver Denise que não via há séculos, ver muita gente. É bom para esparecer a cabeça.

Confesions tour...

Citando o sexto sentido da Denise, que antes de eu mesmo saber que tinha voltado a fumar, ela já sabia. Ela disse que eu não estava falando mais no assunto, o que é verdade e estava muito calma... É eu voltei. De verdade tenho três esportes: ter ataques de ansiedade, me culpar e brigar com a Claudinha. O Marcos disse que eu voltei só para poder me culpar. Será?? Muito louco não posso acreditar. Ele também me recomendou um remédio, que segundo dizem é infalível. O que eu mais ouvi ultimamente foram dicas e conselhos para parar de fumar. Alguns dizem que jogaram o cigarro fora e pronto. Outros entraram num processo... que levou abandonar o cigarro e agarrar com força o charuto. Outros não param porque sabem que podem parar a qualquer momento. Balas de nicotina, adesivos, spray... nicotina líquida, floral de nicotina... Existe de tudo para vc parar de fumar.... Só que é f(piiiiiiiiiiiiiiiiiiii). Não contei da noite que tive uma verdadeira crise de abstinência?? Entendo os viciados em heroína... Passei muito mau... Só pensava em cigarro... começou aí. Depois na viagem, agradeci aos céus que se vende cigarro solto na estrada. Seria demais comprar um maço. Mas depois eu comprei e só para me irritar, comprei o cigarro que mais odeio: carlton. Sei que estou numa profunda recaída. Mas tô acreditando que no fundo do poço tem mola. Sendo assim... eu ainda penso em arrumar uma maneira que conseguir largar o cigarro... por favor não me dêem conselhos.

sexta-feira, 23 de março de 2007

Quem fala mal não tem cabelo como o meu...

Com essa frase Denise definiu o seu sentimento (e o meu também) em relação a escova progressiva. A recente polêmica fez novamente os jornais e a internet, principalmente, massacrarem as pobres coitadas que agradecem todos os dias ao ser que inventou a progressiva. Tenho certeza que não vou morrer de formol. Nem comentem esse post... ele é apenas um desabafo. Se eu pudesse contar tudo o que eu sofro com o meu cabelo, teria que compartilhar com vcs o recente sentimento que se apoderou de mim: que o meu cabelo nada mais é do que um experiência genética, comandanda pelos alienígenas que moram dentro das canetas Bics (a famosa teoria da conspiração de que alienígenas estão nos espionando através das Bics, mas isso não vem ao caso). Sim, eles estão testando a capacidade que um ser humano tem de usar química no cabelo. Como disse no blog velho, recentemente voltei a ser loira. Mas eu já fui ruiva, morena, loiro acizentado com toques castanhos, vermelho intenso, preto com tons azulados e outras cores indefinidas. Tudo isso porque não consigo aceitar o fato de ser grisalha. Assim com tanta química a única coisa que faz o meu cabelo não parecer uma palha de aço é a progressiva. Fazendo do jeito certo, com a pessoa certa, na quantidade certa, com produtos confiáveis... é mais uma química... O que está acontecendo é que tem muita gente fazendo a progressiva em casa. Comprando formol e misturando na queratina. Sem saber direito o que está fazendo. No caso da moça de Goiás tinha 20 por cento de concentração de formol, quando o recomendado é 0,2 por cento. Bom tudo isso pode parecer desculpas... o certo é que como tudo na vida, as coisas precisam de responsabilidades, cuidados e limites.

quinta-feira, 22 de março de 2007

Dia Internacional da Água

O corpo humano aguenta ficar sem comida, mas sem água morre. Tudo que tem vida precisa de água para continuar... Sem água não tem nada. Mais preciosa do que qualquer outro elemento é a água que o ser humano mais desperdiça. Poluímos rios, represas, nascentes, mares, lagos, qualquer coisa... Ou seja, estamos acabando com o fluído que alimenta as engrenagens da Terra e seus habitantes... Hoje é o dia Internacional da Água... E estamos em alerta vermelho. As reservas potáveis no mundo todo estão acabando... E o Brasil, pra variar tem um papel fundamental nessa história e simplesmente não sabe o que fazer... 32 por cento da água doce do mundo está aqui. Mas os números que acompanham os estudos sobre o uso da água são alarmantes: O Rio Tietê está cronicamente poluído por esgoto não tratado, alto concentração de chumbo. As projeções apontam para o declínio de 30 por cento do fluxo de água em países em desenvolvimento, incluindo o Brasil, principalmente nas regiões semi-áridas do Nordeste, devido às mudanças no clima. Ah estima-se que em 50 anos os refugiados do clima chegarão a um bilhão de pessoas no mundo. Todo mundo correndo atrás de sombra e água fresca literalmente. Apesar de estar perto de cumprir a meta de acesso à água nos Objetivos do Milênio, o Brasil ficou em 74º, no ranking de cobertura entre 159 países analisados. Os maiores poluidores de água são: insumos agrícolas (ai meu Deus esse etanol!!!), poluiçõa atmosférica, lixões, vazamento de petróleo, esgoto sem tratamento e descuido da população.

quarta-feira, 21 de março de 2007

Rilke.

((Já que o blog é novo... sinto falta de ter Rilke por aqui e seus profundos ensinamentos sobre a vida, a arte e a poesia. Abaixo coloco um trecho do livro "Cartas a um jovem poeta". Sabem quando alguém quer saber, qual o seu livro de cabeceira? Pois é... não tenho livro de cabeceira... tenho estantes. Vivo no meio dos livros, primeiro eles depois o resto... Tem livro espalhado por todos os cantos da minha casa... Rilke não está na cabeceira, está sempre a mão. Deixei um link para consulta sobre sua vida e também obra...))

"Não há nenhuma medida de tempo nesse caso, um ano de nada vale, e mesmo dez anos não são nada. Ser artista significa: não calcular nem contar; amadurecer como uma árvore que não apressa a sua seiva e permanece confiante durante as tempestades da primavera, sem o temor de que o verão não possa vir depois. Ele vem apesar de tudo. Mas só chega para os pacientes, para os que estão ali como se a eternidade se encontrasse diante deles, como toda amplidão e a serenidade, sem preocupação nenhuma. Aprendo isso diariamente, aprendo em meio a dores às quais sou grato: a paciència é tudo."
"Peço-lhe que tente ter amor pelas próprias perguntas, como quartos fechados e como livros escritos em uma língua estrangeira. Não investigue agora as respostas que não lhe podem ser dadas, porque não poderia vivê-las. E é disto que se trata de viver tudo. Viva agora as perguntas. Talvez passe, gradativamente, em um belo dia, sem perceber, a viver as respostas. (...) Mas aceite com grande confiança o que vier, e se vier apenas de sua vontade, se for proveniente de qualquer necessidade de seu íntimo, aceite-o e não odeie."

terça-feira, 20 de março de 2007

Mais uma britânica cheia de talento..

Depois de passar um tempo longe do meu vicio de baixar músicas... voltei!!! O que anda tocando desesperadamente nas paradas de sucesso aqui em casa é uma cantora britânica chamada Amy Winehouse... Ela é encrequeira, adora vodka e dá uns vexames por aí... como toda mulher de verdade. Seu primeiro disco lhe rendeu um monte de prêmios. "Back to Black" é uma mistura de hap melódico (se é que isso existe), com blues, jazz, brith pop e aquela misturada básica que a música atual tem em suas melodias. É bom. As letras são coisas que todo mundo sente, amores fracassados, baladas para vc seguir em frente, não confie em mim... Voz poderosa que invoca sim o swing black, das divas da soul music. Ela só tem 23 anos... Pela voz não parece... assim como Joss Stones. Digamos que Amy é a bad girl das garotinhas britânicas que cantam bem e estão conquistando o mundo. Vale a pena ouvir.

Falando inglês...

Antes de mais nada eu não falo inglês... mas toda vez que falo, as pessoas dizem: nossa vc fala inglês!!! Não...definitivamente... falar inglês tem que ser como o Pollari... ele não só falava, como pensava e no momento de raiva saia falando em inglês como se estivesse falando em português e não se dava conta disso até abrir os olhos e ver a cara de paspalha que eu ficava... Vamos dizer que misturando, português, alguma noção de espanhol e o inglês the book on the table... sai um entendimento necessário... Hoje eu e Bowiezito fizemos um acordo, só vamos falar em inglês... assim a gente treina. Eu também, mais uma vez estou estudando inglês... Já perdi as contas das vezes que fiz cursos dos mais variados tipos... só falta fazer aquele: aprenda inglês dormindo... acho um pouco demais. A melhor forma é ir para algum lugar como Estados Unidos, Inglaterra, Canadá ou Austrália e ficar lá um tempo aprendendo por osmose... mas isso... putz... não tenho paciência para morar tanto tempo fora do Brasil. Eu treino com os amigos, com os gringos que encontro no trabalho, mas o mais engraçado é que ler em inglês é uma coisa simples para mim... não consigo escrever... quer dizer é uma salada sem fim... Assito filme sem legenda, músicas infinitas... Não consigo entender... o mais difícil para mim é pensar ao contrário... é um saco isso. Crise torre de Babel... vai passar.

domingo, 18 de março de 2007

O último Altman

O último filme de Robert Altamn por mais profético que possa parecer chama "A última noite" e conta a história do último dia de um programa de rádio parado no tempo. Não sei se porque eu já trabalhei em programas falidos e prestes a acabar gostei bastante do filme. O roteiro é muito bem amarrado, apesar de se perder no final... fica um pouco chato. Mas não compromete o filme. É uma comédia... apesar que as risadas vêm de piadas inteligentes e muitas são irônicas, e já disse que a ironia é uma dádiva da inteligência. O elenco é no mínimo um luxo... Meryl Streep, cantando muito e sendo como sempre uma grande atriz... Kevin Kline, Tommy Lee Jones num papel pequeno e quase sem falas... A direção de Altman que procura nos detalhes nos dizer mais do que qualquer palavra... É também um filme musical, mas isso não é chato, na verdade são os momentos mais engraçados do filme. Vale a pena conferir. É cinema, na sua essência.

sábado, 17 de março de 2007

Guerra astrológica

Eu tenho várias teorias sobre a combinação dos signos... Alguns realmente não nasceram para estar junto e se estão deve ser algum karma mal resolvido ou jogaram pedra na cruz... só pode ser. Por exemplo, imagine uma ariana namorando um ser de câncer... é complexo, bem complexo... Enquanto um quer o fogo, o outro a água... Enquanto um quer ter o aconchego da família o outro quer ir para o espaço se possível voando como Ìcaro... Bem complicado... Não existe um signo perfeito... todos tem os seus problemas, inerentes aos seres humanos. Sou muito simpática aos aquarianos... eles irritam menos os arianos... Mas também para irritar um ariano não é preciso fazer nada, as vezes só de olhar começa a guerra. Defendo que toda mulher de áries deveria ou ser morta no nascimento, ou então passar por uma lavagem cerebral e ser reprogramada para viver de outra forma... Tenho total conhecimento de causa... como é complicado ser mulher, com o espírito do Deus Marte... Ninguém aguenta.
Outro signo complexo é escorpião... agora imagine uma pessoa escorpião, com ascendente em escorpião e lua em áries. Esse ser existe e na minha opinão ele deveria viver enjaulado... qualquer hora vai atacar alguém... Câncer com ascendente em Peixes ou vice-versa... só reencarnando... são muitas dúvidas e falta de resolução numa pessoa só... Tenho pena. Virgem com ascendente em virgem e Lua em virgem... é a sintese do transtorno obsessivo compulsivo. Peixes com ascendente em peixes são os andarilhos e não estão aqui já foram para outra dimensão... Touro com ascendente em touro, todos os milionários o mesmo se aplica aos capricornianos. Sagitário com ascendente em Sagitário são os caras que se acham a reencarnação de Deus ou qualquer outro profeta... Algumas combianções ficam bem complicadas e até mesmo perigosas. Mas de verdade é tudo uma questão de autoconhecimento e de saber que apesar da conjunção astral na hora do nascimento, estamos aqui para aprender, sempre.

sexta-feira, 16 de março de 2007

Homenagem aos amigos...

((só para começar))
Escolho meus amigos não pela pele ou outro arquétipo qualquer, mas pela pupila. Tem que ter brilho questionador e tonalidade inquietante.A mim não interessam os bons de espírito nem os maus de hábitos.Fico com aqueles que fazem de mim louco e santo. Deles não quero resposta, quero meu avesso. Que me tragam dúvidas e angústias e agüentem o que há de pior em mim. Para isso, só sendo louco. Quero os santos, para que não duvidem das diferenças e peçam perdão pelas injustiças. Escolho meus amigos pela cara lavada e pela alma exposta.Não quero só o ombro ou o colo, quero também sua maior alegria.Amigo que não ri junto não sabe sofrer junto. Meus amigos são todos assim: metade bobeira, metade seriedade. Não quero risos previsíveis nem choros piedosos. Quero amigos sérios, daqueles que fazem da realidade sua fonte de aprendizagem, mas lutam para que a fantasia não desapareça. Não quero amigos adultos nem chatos. Quero-os metade infância e outra metade velhice! Crianças, para que não esqueçam o valor do vento no rosto; e velhos, para que nunca tenham pressa. Tenho amigos para saber quem eu sou. Pois os vendo loucos e santos, bobos e sérios, crianças e velhos, nunca me esquecerei de que "normalidade" é uma ilusão imbecil e estéril." Oscar Wilde

Começando do Zero

Depois de três anos, o Visões Embaralhadas, deixa o UOL.... Tive muitos problemas... sem acesso, sem resposta... Fiquei muito triste de ver tanta coisa assim jogada... Mas, como disse a minha amiga Denise era pra ser... Vou escrevendo aos poucos... Completando novamente as páginas do blog. Gosto mutio de ser blogueira. Já fiz muitos amigos, falo sobre muita coisa e compartilho muitas opiniões... Ainda estou um pouco perdida e sem saber direito o que escrever por enquanto é só um lamento. Obrigada pela visita e sempre vou colocar posts novos... Beijos