terça-feira, 26 de janeiro de 2010

Mais estranho que a ficção...

Este é o nome de um filme esquisito, mas que eu gosto muito, que foi lançado em 2006 e tem um elenco bem legal: Will Farrel, Emma Thompson, Dustin Hoffaman entre outros... é uma história maluca de um fiscal da Receita Federal americana que começa a ouvir a voz de uma narradora que está escrevendo um livro a respeito da sua vida aparentemente sem graça. No final do filme (a desculpa o filme é velho e não vai mudar nada se vc ler este texto), tem um texto muito legal sobre as coisas simples da vida...

“Às vezes, quando nos perdemos no medo, na rotina e na constância,
no desespero e na tragédia, podemos agradecer a Deus por termos biscoitos.
E felizmente, quando acabarem os biscoitos, ainda teremos consolo em uma mão amiga na nossa pele, ou num gesto afetuoso, ou num apoio sutil, ou num abraço carinhoso ou numa palavra de conforto. Sem falar em macas de hospital,tampões de nariz, folheados não comidos, segredos sussurrados e talvez alguma obra de ficção. Devemos nos lembrar que todas essas coisas, nuances, anomalias, detalhes que parecem superficiais na nossa vida, estão aqui na verdade, por uma causa bem mais nobre: elas estão aqui para salvar nossas vidas.”

segunda-feira, 25 de janeiro de 2010

Eu sou daqui...

Hoje São Paulo comemora seus 456 anos. Se vc for pensar em termos de cidade, São Paulo é muito jovem... quase uma menina. Por isto eu acho que é tão maluca... Eu sou daqui. Nasci aqui no Tucuruvi. É engraçado quando vc pergunta para um paulistano onde ele nasceu normalmente a resposta será o bairro onde ele foi nascido e criado.... A cidade é tão grande que em cada bairro há pequenas cidades... Vc pode passar o resto da vida sem praticamente atravessar a ponte... Como meu pai. Ele raramente sai da zona norte de São Paulo e quando precisa acha tudo tão longe quanto ir até a lua de carro.... É porque é longe mesmo... Aqui reúne o pior e o melhor de tudo, de todos os povos... São Paulo é uma cidade que tem gente do mundo inteiro e desconfio que de outros planetas também...
Hoje Isabella me perguntou se eu moraria em outro lugar... talvez me aposente e vá morar em Ubatuba quando tiver mais de 65... mas até lá... não pretendo sair daqui. Não mesmo. Eu sofro, reclamo do trânsito, dos turistas (sim aqui tem muito turista), do preço das coisas... Mas não viveria sem as coisas que me fazem uma autêntica paulistana: não fico sem pão francês, ou no linguajar local: um pão na chapa e um média. Não posso me imaginar sem a possibildiade de escolher um restaurante japonês entre os trilhões que existem na cidade. Já pensou passar o resto da vida sem tomar chopp no Filial ou no Genial??? Como seria um domingo sem a feira na rua de baixo... Sem as padarias, sem o Belas Artes ou o Reserva Cultural??? Como seria ficar sem olhar a paisagem escandalosamente feia que se descortina... Toda vez que viajo para fora de São Paulo escuto piada sobre os paulistas, sobre a minha própria pessoa e como eu me pareço "paulista"... deve ser por causa do sotoque cantado ou do meu jeito estressado e sem paciência... já que vivo num lugar onde tudo é muito rápido... ou ainda pela minha cor super branco alvo... Feliz Aniversário minha querida cidade... não gosto que falem mal de vc... apesar de vc dar muitos motivos para isto... Contudo, alagada, infestada de políticos corruptos, de interesseiros imobiliários, do pcc, do trânsito, do seu tamanho... eu sou daqui. Feliz Aniversário.

quinta-feira, 7 de janeiro de 2010

Verão sabático...

Estou em férias ainda... em casa... sem fazer nada... não sei o que será de mim quando o despertador começar a tocar cedo... desenvolvi o costume de abrir o olho as dez da manhã... um horário prá lá de civilizado para acordar... estou indo dormir sempre de madrugada e não faço a menor idéia de como está o meu relógio biológico... pensei em tudo isto hoje... antes estava pensando em pendurar os quadros - já fiz isto - em fazer shitake na manteiga... eu fiz isto também... em quem vai substituir a Oprah... em como eu choro toda as vezes que assisto Extreme Makeover... Como é bom quando passa Procurando Nemo a tarde... pensamentos profundos... Assisti um filme cabeção chamado "Entre os muros da Escola"... eu adorei o filme... Assisti o lindo "Amantes" como o homem que eu sempre quis para mim depois do Eddie Vedder Joaquin Phenix.... Depois um filme muito besta com a Uma Thurma "Marido por um acaso" é bom rir... dormir... passei um dia inteiro em casa de pijama... assistindo filme... coisa que não fazia há séculos.... comi tranquiras... depois comi frutas... dormi mais um pouco.... tenho dormido muito. É isto que eu chamo de um verão sabático... estou com muita preguiça... parece que quanto menos coisas vc faz...menos dá vontade de fazer... bom sei que esta folga vai acabar... então estou aproveitando... também para escrever aqui... que bom....

quarta-feira, 6 de janeiro de 2010

Mala é roubada

Uma coisa chata que aconteceu comigo na viagem foi que a minha mala foi extraviada pela Gol... ela foi parar em Natal e só conseguir pegar a mala no dia seguinte a tarde no hotel.. até aí tudo bem. Fiquei tão feliz que tinha recebido a mala que não me dei conta na hora que algumas coisas minhas tinham sido roubadas... Fiquei indignada... Já que a mala estava sob os cuidados dos funcionários da gol... roubaram coisas que não tem muito valor, mas para mim tem. Contabilizando foram três vestidos novos que eu tinha acabado de comprar para a viagem e nem paguei ainda. Meu depilador velho... fico com nojo só de imaginar que alguém roubou isto... duas blusinhas regatas básicas da C&A, uma blusinha verde da Cloé (paguei um fortuna), uma sandália de couro trançada e uma calça que mandei fazer em Mar de Espanha... A Gol disse que a mala foi pesada no aeroporto e que a diferença de peso na entrega era de apenas um quilo e por isto só poderia me reembolsar 76 reais.... Eu fiquei tão indignada... ainda estou... Acho um absurdo que vc confia suas coisas a uma empresa e nem tem outra opção... ou alguém tem a opção de não embarcar a mala?? Vc é praticamente obrigado e a partir daí tem que rezar para que tudo dê certo... Vc simplesmente está na mão das empresas aéreas e elas fazem o que querem... Eu vou entrar com uma ação... Acho que tenho que fazer isto para que não fique por isto mesmo... não pode ficar por isto mesmo. Os aeroportos brasileiros são o samba do criolo doido... praticamente terra de ninguém. Não pode ser assim... ouvi um monte de histórias de pessoas que foram lesadas desta maneira. Se a gente não reclama também não faz valer nossos direitos de cidadão... Eu vou ficar escrevendo sobre a história da Gol até eu ser reembolsada de forma justa e digna... o que eles me falaram é no mínimo uma falta de respeito. E se a mala estava sob os cuidados da empresa... foram os funcionários do aeroporto que roubaram... as pessoas responsáveis pela bagagem... Então se não podemos confiar, temos que buscar uma maneira que a coisa seja justa.

Nova Cara

Começo o ano com uma nova cara para o blog... sempre que troco... demoro para me acostumar... aceito sugestões... não sei ainda se é isto. Mas tá bunitiiiinhooo...