domingo, 31 de agosto de 2008

Dolce far niente....

As boas coisas da vida... descansar... aproveitar... ficar largado... lazing by the beach... Estes dias escutei a frase: sou um hedonista feliz... Eu também... Ser hedonista não tem nada a ver com gostar de ficar pelado... É entender que assim como tem tudo, tem também o tal do dolce far niente. Entender, sem culpa, que é preciso estar do lado branco da força... Aí você começa a entender coisas que aparentemente não fazem muito sentido no mundo em que vivemos. Como por exemplo as uvas Syraz são mais adstringente e possuem taninos persistentes no final, muito comum nos vinhos argentinos. O que isto significa?? Não faço a menor idéia, mas confeso que gosto de uvas Syraz e os vinhos argentinos estão sempre em promoção... No Discovery Health and Travel tem um programa chamado "Sem reservas" e estes dias estava passando um sobre Paris... Já vi de vários lugares. Sempre no final tem um texto romântico falando sobre as características que cada lugar. Em Paris, o apresentador que eu não me lembro o nome, falou sobre a capacidade dos franceses em apreciarem as boas coisas da vida, com um certa sensibilidade e explorando a capacidade dos nossos sentidos. Claro que isto em Paris é muito fácil: o olfato, o cheiro dos perfumes e também da comida, o paladar, vinhos, queijos, pão principalemente e coisas em camadas, a visão, toda a arte em volta... Ele diz que não são muito bons para música e eu concordo... e são muito sensuais no caso tato... Misturam tudo isto em tardes ao sol tomando café, lendo e comendo pão... Simples. Ele termina recomendando o jeito francês de viver para todo mundo... Cada um sabe apreciar um xícara de café a seu modo. O hedonista feliz, por exemplo, gosta de café, geléias e DVD de filme antigo. Não necessariamente tudo junto e nesta ordem. O hedonista feliz também aprecia boteco com cerveja com boa conversa. Fazer as unhas, escova e uma massagem nos pés, vale o fim de semana. Assistir Harry Potter e a Ordem da Fênix no cabo, sem intervalos, com legendas... Não tem preço ( dia 26 normalmente eu fico puta)... Mas passa... Tenho pensado muito nas pequenas coisas da vida... Nas simples, nas legais...Minha vó costumava dizer que desta vida a gente não leva nada além do que comeu, bebeu e riu... Mas para levar uma herança tão grande... é preciso força e equilíbrio. Boa semana.

terça-feira, 26 de agosto de 2008

Sumi...

Antes de mais nada quero pedir desculpas pelo meu sumiço... eu poderia inventar um monte de razões para ter deixado o blog praticamente abandonado... mas a verdade mais pura e simples foi: preguiça. Preguiça com um toque de falta de inspiração e olha que não faltou assunto...
Pequim: eu gosto de Olimpíadas... mas eu fico de saco cheio... e Bronzil não contribui... a seleção masculina pode ser traduzida na cena do Ronaldinho Gaúcho atendendo o celular no pódio... Além da falta total de noção e educação... mostra o que o time estava pensando... A seleção feminina traduziu da melhor forma como o futebol é um esporte injusto... nem sempre o melhor ganha. O vôlei masculino tá perdido... e o feminino nossa que campanha!!! Phelps é o homem perfeito em muitos sentidos e o Bolts precisa entender mais de esporte... afinal não adianta correr é preciso ter o espírito esportivo... e para mim a grande medalha foi da Maureen... puxa que volta por cima!!!
Mulher Melancia x Preta Gil... antes de mais nada eu tô muito feliz com o sucesso da Mulher Melancia... afinal eu sou mais magra do que ela e isto me dá um alento!! A Preta Gil acho que tá sentindo a mesma coisa!! Ela acha um absurdo a Melancia ser chamada de gostosa e ela de gorda... Eu pra falar a verdade não vejo diferença em nenhuma das duas... Acho que cada um faz o seu marketing...
Entrei na academia... sai do pilates... não aguentava mais... escureci os cabelos... mas já tô pensando em fazer umas luzes... Ainda não consegui fazer uma poupança e isto me preocupa... mas ao mesmo tempo o verão tá aí e to precisando de umas blusinhas... sandálias também. To lendo "Eu falar bonito um dia" do Davis Sedaris e é muito engraçado... Não consigo terminar Neve e fico me remoendo em culpa... Belinha tá super bem e muito feliz com a volta da Britney Spears ao topo das paradas e eu fico me perguntando onde eu errei... enfim... a minha cara de pau vai me fazer dizer que não vou mais abandonar o blog... vou escrever mais, procurar temas e coisas do tipo... mas como eu não presto, não cumpro o que prometo... pelo menos vou tentar...

quarta-feira, 13 de agosto de 2008

Da série bobagens por e.mail

((Minha irmã me mandou... eu to sem tempo para escrever.... então to apelando... ))

Dez coisas que levamos anos para aprender

1. Uma pessoa que é boa com você, mas grosseira com o garçom ou empregado, não pode ser uma boa pessoa. (Esta é muito importante. Preste atenção, nunca falha)
2. As pessoas que querem compartilhar as visões religiosas delas com você, quase nunca querem que você compartilhe as suas com elas. (Tá cheio de gente querendo te converter!)
3. Ninguém liga se você não sabe dançar. Levante e dance. (Na maioria das vezes quem tá te olhando também não sabe! Tá valendo!)
4. A força mais destrutiva do universo é a fofoca. (Deus deu 24 horas em cada dia para cada um cuidar da sua vida e tem gente que insiste em fazer hora-extra!)
5. Não confunda sua carreira com sua vida. (Aprenda a fazer escolhas!)
6. Jamais, sob quaisquer circunstâncias, tome um remédio para dormir e um laxante na mesma noite. (Quem escreveu deve ter conhecimento de causa!)
7. Se você tivesse que identificar, em uma palavra, a razão pela qual a raça humana ainda não atingiu (e nunca atingirá) todo o seu potencial, essa palavra seria 'reuniões'. (Onde ninguém se entende... Com exceção das reuniões que acontecem nos botecos...)
8. Há uma linha muito tênue entre 'hobby' e 'doença mental'. (Ouvir música é hobby... No volume máximo as sete da manhã pode ser doença mental!)
9. Seus amigos de verdade amam você de qualquer jeito. (Que bom!)
10. Lembre-se: Nem sempre os profissionais são os melhores. Um amador construiu a Arca. Um grande grupo de profissionais construiu o Titanic. (É Verdade mesmo!)

terça-feira, 5 de agosto de 2008

Motor de geladeira

Minha amiga Pam dividiu o mundo em duas partes: de um lado as pessoas que já nascem com um motor de geladeira no lugar do coração e aquelas que por razões paralelas implantaram um no peito. Ter um motor de geladeira no peito é uma das visões mais esclarecedoras que eu já pude ter... Não acho que tenha nascido com ele.... mas com certeza tá implantado... Motor de geladeira funciona de vez em quando... só para manter o ambiente interno gelado.... (putz....) Mas devo dizer que a minha sensibilidade está um pouco melhor... tenho desenvolvido alguns sentimentos... O duro é saber que não só eu como muitas pessoas possuem um motor de geladeira instalado no peito... Esta frase foi dita por outro amigo, Tatu, respondendo a razão de não estar mais namorando... Ah quer saber?? esta vida moderna é muito complexa... acho que realmente eu me sentiria melhor no século 19.... sem motor de geladeira, sem frescuras sentimentais... Que saco isto...