Postagens

Mostrando postagens de 2017

A vida é pura felicidade

“A vida é pura felicidade. O nascimento, a enfermidade, a velhice e a morte são quatro presentes tão maravilhosos, como o ciclo das estações. Você nunca pode ficar separado daqueles que ama, eles vivem em seu ser para sempre. Ter que estar com aqueles que não ama é impossível, porque você deixou de detestar. Como a do Sol, a sua luz é para todos, você ama inclusive o que lhe parece odioso. Não poder satisfazer os desejos não é sofrimento, porque o que importa é o prodígio de ter desejos. Quer isso lhe satisfaça ou não, lhe é outorgado o sentimento de estar vivo. Vá além de “a causa dos sofrimentos é o apego aos desejos e às coisas” porque o apego aos desejos e às coisas, quando não é possessivo, é sublime bondade. Tudo que parece impermanente fica gravado na memória de Deus. Cada segundo é a eternidade. Vá além do “ao pôr um fim a esses apegos pode-se pôr fim aos sofrimentos”. Não se pode pôr fim a esses apegos. Sendo tudo uno, como a unidade vai desprender-se de si mesma? O apego por…

Arte Pelada

Não estranho o fato de que em pouco tempo duas polêmicas envolvendo arte e artistas estejam no centro das discussões. Todas elas infrutíferas, quase esdrúxulas e acima de tudo muito ignorante. Mas eu tenho me perguntado o que é que está por trás desta guerra? É trata-se de uma guerra. E para mim a resposta é muito fácil... Enquanto o discurso se inflama por todos os lados, e no calor da emoção onde de tudo um pouco é dito, vai assim como quem não quer nada emergindo o já conhecido discurso de que todo artista é maluco, de que a arte não serve para nada e que tudo isso é perda de tempo, coisa de gente desocupada, que deveria tá pegando em uma enxada ou apertando botão em algum lugar mais decente. Afinal o que é um quadro ou uma música diante da fome? Ou o que é uma peça de teatro diante do desemprego? O que é um homem pelado em um Museu de Arte Moderna diante da violência? Nada! Desnecessário, absolutamente desnecessário. Morram estes vermes! Todos eles!! Tirem o sustento destes maluco…