quarta-feira, 26 de agosto de 2009

Corrente na internet...


((não gosto de violência... não gosto de terrorismo... mas... não posso perder a piada...))


sábado, 22 de agosto de 2009

Divisão de bens

(da série textos e fragmentos)

"Tenho raiva das coisas que você me tirou.
Fora a minha alegria e a minha paz
Você levou embora músicas e poemas
Não devia ter lhe dado tão de graça Vinicius
Ele era muito mais meu do que seu.
E agora simplesmente não é nosso.
É você.
Se soubesse antes escondia Chet.
Não devia ter lhe contado a história da Úrsula maior.
Nem a minha profunda desconfiança de que o homem não foi à Lua.
A Úrsula não sai do céu.
E mesmo escondida a Lua também é você.
Que tola fui ao revelar que adoro o cheiro da Alfazema.
Te dei coisas preciosas.
Te dei de graça
Fiz de mim, você.
Você ficou com partes grandes de mim.
Agora sigo como um aleijado.
Pedaços faltando na minha alma.
Vamos então fazer a divisão de bens.
Pode ficar com o Chico, lhe cai bem.
No céu, fico com a estrela Dalva e o resto é seu.
É meu todo jazz e blues.
Fique com a bossa nova.
Aceito dividir Tom Jobim.
Fico com o Nepal.
Te dou Nova York.
Vá de vez embora.
Pode levar o reggae.
Me deixe aqui com Fernando Pessoa.

terça-feira, 18 de agosto de 2009

18 anos no ar

Há 18 anos eu estreava na minha vida de garota de programa. Eu era muito jovem e ainda não entendia direito como as coisas funcionavam... Entrei nesta vida meio sem saber... E fui indo... Hoje não sei fazer outra coisa. Eu até tentei... mas não consegui. Neste tempo todo já vi coisas que até Deus duvida... um pouco da crueldade humana, inúmeras maneiras de ser imbecil, inúmeras maneiras de perversidade, coisas engraçadas, podres poderes, sexo fácil, sexo difícil, grana fácil e principalmente grana difícil... Lembro que quando tomei a decisão contei com o apoio do meu pai e ele também não sabia de nada. Entrei na faculdade para fazer o inusitado curso de Rádio e Televisão e ao fazer o cheque meu pai perguntou: Nossa não sabia que vc gostava de informática. Eu: pai eu não gosto. Pai: Ue? Este não é um curso de eletrônica... para consertar rádio e tv... Bom entendi ali o que seria o resto dos meus dias tentando explicar a minha profissão... Até hoje é um pouco complicado e desconfio que os meus próprios pais não entendem direito...Mas devo dizer que pertenço a uma parcela da população que realmente gosta do que faz... e eu gosto, muito. Apesar de tudo. Sei que vou trabalhar na televisão até não poder mais... nem penso em aposentadoria... penso em mudar o foco das coisas, escrever cada vez mais... A única coisa que sei é que nunca mais serei produtora... isto sim eu já passei da idade. Não tenho paciência mais para telefone, cronograma e coisas do tipo... Apesar que uma vez produtor para sempre... vc pensa como um, organiza a vida produzindo coisas... mas vamos dizer que isto é um hobby... não mais meio de vida. De resto... queria agradecer a todos os meus companheiros de trabalho. Tenho muitos amigos e orgulho de tudo. Vejo que a TV brasileira vive um outro momento, um pouco melhor... mas não chegamos ainda nem na metade de todas as nossas possibilidades... O campo é vasto. Mas para os que querem se atrever vou dizer sempre: é uma vida bem difícil...

segunda-feira, 17 de agosto de 2009

Woodstock, Raul Seixas e Fora Sarney

Hoje, há exatos 40 anos terminava o festival de música que mudou o mundo. Woodstock mostrou que era possível viver com paz, amor, música. Poderíamos viver mais os ideais do Festival e quem sabe assim o mundo ao nosso redor seria mais legal. Ideal de uma velha hippie??? pode até ser... nem sei se funcionaria... mas para falar a verdade eu cresci com esta idéia na cabeça e dificilmente vou conseguir mudar... Paz e amor podem parecer 1969 demais... mas serão sempre atuais e necessários.... Se vc ainda não assistiu ao documentário que conta a história do festival é uma boa oportunidade para entender o pensamento da época...
Vinte anos sem Raul Seixas... bom... não sou uma fã do Raul do tipo "fã do Raul"... mas sou fã... muito. A ponto de ter ido ao seu volório no Ginásio do Ibirapuera... é meus caros eu fiz isto... E de verdade numa época em que ninguém falava nada, não podia falar graças a censura ele era o único que na máscara de maluco falava... Tenho certeza que senão fosse o Paulo Coelho, Raul seria um outro cara... mas com certeza ele não iria escutar aos apelos para não andar com má companhia...
E em meio a tantos assuntos velhos que tal mais um, que ronda a sociedade brasileira??? FORA SARNEY!!! Já falamos isto antes, já pedimos isto antes e o cara continua lá... firme e forte... engordando graças a nossa fiel contribuição para os cofres do tesouro nacional. Eu não vou para a rua pedir para o Sarney sair... não vou mesmo. Já fiz isto para o Collor sair e olha lá ele novamente andando de braços dados com quem?? Sarney e o outro cavalheiro das trevas Renan Calheiros... É uma vergonha... Não precisamos tomar as ruas, mas continuar a fazer os protestos e formar a opinião pública pelos blogs, pela internet, na conversa com os amigos, na televisão, no rádio. Aliás ele não pode censurar todo mundo. Já consegui censurar o Estadão... e o jornal Graças a Deus não vai engolir esta facilmente. O Estadão está travando uma Guerra contra a família Sarney do Maranhão... Se depender dos senadores ele vai continuar... já ouviu falar em teto de vidro?? Pois eh no Senado todo mundo tem... quem pedir para ele sair, vai ter que sair junto... E pelo amor de Deus se todos os senadores sairem, entram em cena a pior raça de brasileiros: os políticos suplentes... Estamos ferrados... A nossa sorte é que apesar e a despeito deste homens, suas mentiras e roubos... estamos aí... Mas que é difícil... ah é sim... muito. Vergonhoso. FORA SARNEY!!!

segunda-feira, 10 de agosto de 2009

Um absurdo em pleno século 21

Não se fala em outra coisa... e eu não sei se isto é bom ou ruim... O tema da pauta é a pessoa que se diz psicóloga (ter um diploma não quer dizer nada) Rozângela Alves Justino, a mulher que diz que pode mudar a orientação sexual de gays. Ela diz que os homossexuais podem mudar. Diz que o ativismo pró-homessexualismo está diretamente ligado ao nazismo. E diz que foi repreendia pelo Conselho Federal de psicologia porque os membros do conselho são ou homessexuais ou pró. Ora bolas... eu não sou homessexual, mas mesmo assim acho isto um absurdo. Que tipo de pessoas é esta? Bom vejamos... ela não mostra a cara... só se deixa fotografar disfarçada... Diz que é para preservar a integridade física. Bom... se vc der uma olhadinha na história vai ver que todas as pessoas que realmente defendiam uma causa colocaram sua cara literalmente para bater... Recomendo assistir Milk... Ela é evangélica... isto já é uma questão que compromete toda a sua teoria. Porque é impossível não associá-la aos dogmas de todas as religiões protestantes... Mas o que mais me intriga é o preconceito e a intolerância velada nestas questões... Em pleno século 21 estamos diante de um discurso no mínimo medieval... Uma pessoa que usa a fraqueza, a dúvida, a confusão do outro, manipulando de forma psicológica para atender um dogma religioso. Para mim no mínimo é perverso... Repudio qualquer forma de intolerância e toda e qualquer forma de preconceito. Ela diz que está sendo a própria vítima de preconceito. Acho que é mais perplexidade... a sociedade está se vendo diante da pior face do seu passado. Lamentável.

quinta-feira, 6 de agosto de 2009

Pesquisa reveladora

Toca o telefone:
- Senhora Patricia?

- Sim é ela... quem gostaria?

- Senhora Patricia, meu nome é Karina eu trabalho na (sei lá o nome da agência) e estou realizando um pesquisa sobre o consumo de produtos de beleza. A senhora pode estar respondendo algumas perguntas?

- Sim... eu posso estar respondendo. (sei lá porque eu tive tanta paciência)

- Muito obrigada senhora Patricia. Senhora Patricia quais são os produtos de beleza que a senhora compra no supermercado.

- Apenas pasta de dente e sabonete.

- Este produtos são de higiente. A senhora não compra xampu, estas coisas??

- Ah sim... só que eu compro na perfumaria. Porque uso uma marca específica que só tem lá e custa uma pequena fortuna. Compro um para mim e outro para a minha filha que também usa uma marca específica que só tem lá e custa uma determinada fortuna.

- A senhora costuma utilizar que tipos de cremes?

- Uso creme para o rosto, para o corpo, paras as mãos e para os pés. A minha filha também.

- Senhora Patricia a senhora frequenta salão de beleza?

- Sim. frequento.

- Quantas vezes por mês.

- Ah eu vou toda semana. Faço drenagem, a mão, o pé, pinto o cabelo... vou lá bater um papo com as meninas...

- Senhora Patricia... como a senhora é engraçada. (eu sei que eu não sou). A senhora sabe mais ou menos quanto a senhora gasta por mês nisto tudo.

- Nâo tenho a menor idéia...

- Um custo estimado...

- Não estou preparada para enfrentar esta verdade incoveniente agora.

- Senhora Patricia... posso lhe falar mais ou menos em que faixa de pessoas que gastam com a beleza a senhora está. A senhora quer estar sabendo??

- Como são as divisões?

- Gastam pouco, gastam médio, gastam médio para mais, gastam mais, gastam demais...

- Karina... eu não quero estar sabendo. Prefiro continuar assim... Obrigada.

Desliguei o telefone. O que os olhos não veem, o meu bolso não vai saber.

quarta-feira, 5 de agosto de 2009

Coisas do cotidiano

Concordo com os japoneses... andar em casa de sapato não é bom. Eu não gosto. Não deixo os sapatos para fora... mas tem uma cantinho lá na entrada para isto... ainda mais num lugar pequeno cheio de tapetinhos por todos os cantos...
Lavar louça... é legal primeiro começar pelos copos... senão eles ficam com cheiro e gosto de uma coisa estranha... principalmente na hora de tomar água...
Flores por todos os cantos e plantinhas pela casa sempre deixam o ar mais leve...
Mesmo assim adoro um aromatizador de ambientes... de preferência Lavanda e de preferência mesmo L'Occitane.... eu sou nojenta fazer o quê??
Não sei se gosto mais de tomar café de manhã ou do cheiro que fica... Odeio cheiro de cigarro de manhã...
Se vc encontra alguém é sempre bom dar um beijo... mostrar carinho...
É bom tirar um tempo para responder os e.mails... é ruim e falta de educação não fazer isto.
Não saio de casa sem rezar... e sempre que entro agradeço... ainda mais numa cidade como esta...
Colcha de retalho além de linda é também a cara de casa... do carinho da avó e do carinho de mãe... Tenho uma que foi minha avó que fez e outra minha mãe... Ficam lá na sala... para assistir TV... nos dias frios... é gostoso.
É gostoso fazer palavra-cruzada domingo de manhã... na hora de tomar café...
Ficar em silêncio na varanda... escutando o passarinho maluco que insiste em cantar a noite...
Arrumar a cama... desarrumar...
Leitinho a noite com bolachinhas... é bom e cura quase todos os tipos de dores...
A vida é meio besta... e cheia de cotidianos que mais parecem manias... mas que são as pequenas coisas que vc encontra para criar aquilo que nada mais é do que uma adorável zona de conforto...