sexta-feira, 30 de janeiro de 2009

Apego

Um dos meus maiores orgulhos é ter a minha casa... quer dizer é alugada... mas eu moro nela. É um apê pequeno, que em algum tempo já foi grande... O suficiente. Hoje ele está muito pequeno... Atulhado de coisas e isto tem me incomodado bastante. Ao ponto em que resolvi começar uma verdadeira operação muda tudo... Mas não será fácil. Para eu conseguir que as coisas fiquem mais organizadas e visualmente confortáveis terei de me livrar de algumas coisas... Umas eu vou achar bem legal, como o meu maldito sofá e uma estante equisita feita por mim mesma... Mas o pior para mim serão os livros... É não tem jeito... Agora é a hora de tirar alguns de perto. Vou doar para um biblioteca... Não serão todos... Os que eu sei que não faz sentido ficar... Pior que eu ainda não defini critérios. Acho que já contei esta história outras vezes aqui no blog sobre o Borges e a Enciclopédia Britânica. Numa de suas revisões a editora responsável resolveu presentear Borges com a enciclopédia em edição especial e revisada. O que a editora não sabia era que o escritor argentino tinha acabado de ficar cego... Diante do constrangimento mandaram uma mensagem de desculpas. Borges respondeu dizendo que não era necessário se desculpar. Para ele era uma felicidade imensa estar ali... ao lado dos livros... perto deles e que agradecia muito o presente. Eu sou assim também... Confesso que não li todos os livros que tenho... Mas muitos fazem parte da minha história de vida... São tão velhos quanto eu ou bem mais seculares... Terei que ser impiedosa e segundo a Isabella, isto vai demorar e eu vou chorar... Mas estou determinada a fazer. Já passou do tempo. Preciso me desapegar... Eu já sei de todos os conselhos... vai fazer bem... é ótimo para a renovação do ambiente... é ótimo para deixar a energia circular... Mas é um pouco doído. Tenho toda a coleção de livros de Machado de Assis... são os que mais me fazem pensar.... Dezoitos livros?? Tem as histórias em quadrinhos que sinceramente já não fazem mais parte da minha vida... Mas terei que ficar com alguns que são verdadeiras raridades... como o escrito por Felini... Tenho um número um do Homem Aranha e as primeiras edições brasileiras do Sandman... Como me desfazer disto?? Vou diminuir os livros... mas ainda preciso pensar nos cds.... Sei lá porque tudo isto está acontecendo agora... "this the way the things are"...

segunda-feira, 26 de janeiro de 2009

Não nasci para ser a cura e sim a doença...

Esta singela frase era um das muitas filosofias de vida da Rê Bordosa... Assim também como a clássica frase: "prefiro ser um bêbado conhecido, do que um alcoólatra anônimo"... eu também prefiro. A Rê Bordosa era uma mulher que ninguém queria ser, mas que de verdade representava o lado b de muita gente... inclusive o meu. Poucos personagens marcaram tanto uma época, uma cidade e um bar (o falecido Riviera), como esta mulher. Rê Bordosa morreu pelas mãos do Angeli... e muita gente entendeu, mas sofreu... Está no Porta Curtas até o dia 16/03/09 um curta de animação muito interessante sobre este assassinato. É o Dossiê Rê Bordosa...
http://www.portacurtas.com.br/Filme.asp?Cod=8682&Exib=1550#

O Angeli diz que a Rê Bordosa é ele. E eu perguntou quem sou eu????

sexta-feira, 23 de janeiro de 2009

Pessoas difíceis..

Nesta semana saiu a notícia de que o maestro da OSESP - Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo - foi demitido. John Neschling foi demitido por e.mail enviado pelo presidente do Conselho da Orquestra, o ex-presidente da República Fernando Henrique Cardoso. Existem muitas pessoas indignadas com a saída do maestro. Eu não estou revoltada com a história, mas ela me fez pensar. É inegável o trabalho que o maestro fez com a orquestra que sob seu comando e plano artístico passou a ser uma das melhores do mundo. Com momentos e apresentações que se tornaram memoráveis. Mas o que fica para mim é a pessoa difícil que o Neschling é. Diveras fofocas e comentários saltaram na internet sobre o tratamento que ele dispensa aos músicos e as pessoas em geral. Não é uma pessoa de fácil convivência e seu temperamento genioso ultrapassou a sua genialidade. Tudo o que ele fez tornou-se menor diante da forma como ele foi encaminhando a convivência com as pessoas de um modo geral. A demissão foi motivada por uma entrevista que ele deu ao Estadão falando um série de verdades... Para ele. Porque umas das características de pessoas difíceis é que elas são cheias de verdades. Eu confesso que tenho preguiça. Não tenho paciência para gente que não sabe ser no mínimo educado. A gente não precisa ser simpático, nem bobo da corte o tempo todo. Mas não precisa transformar o mundo a nossa volta na representação do inferno. É preciso saber conviver. O Fernando Meirelles disse que prefere trabalhar com gente que não seja assim o melhor na sua área, desde que esta pessoa saiba conviver. Eu concordo. Compreensão, flexibilidade e tolerância fazem a diferença na vida. Sem deixar é claro de lado suas convicções. As pessoas difícies tem outras característica em comum são vaidosas ao extremo. Eu acho a vaidade o pior de todos os sentimentos... É como se este sentimento formasse uma nuvem negra em volta da pessoa e que ela não conseguisse ver ou ouvir além de si mesmo. É preciso olhar o outro... Realmente eu prefiro pessoas facéis.... isto não quer dizer que elas não sejam complexas, malucas, inteligentes, com opinão própria e com o seu próprio plano de vida... É só que elas levam isto de maneira mais leve.

terça-feira, 20 de janeiro de 2009

Salve São Sebastião!!!

"Para te encontrar, eu andei nas suas matas,
Para te abraçar mergulhei nas suas águas,
Comunguei sua palavra Okearô meu caçador!!"
Salve São Sebastião e seu dia!!
Salve a limpeza e a força de todos os caboclos!!
Salve os mensageiros da sabedoria e da força da natureza.
Salve São Sebastião, o senhor das matas grandes!!!

segunda-feira, 19 de janeiro de 2009

Eu to assumindo...

Durante muito tempo da minha vida eu passei resolvendo problemas.... nossa nem gosto de lembrar muito. Então eu vesti a roupa da super mulher maravilha... Aquela que aguenta qualquer parada e não tem muito tempo para frivolidades como por exemplo se sentir carente... Mas agora eu to cansada disto tudo e to assumindo... to carente!!! Sim eu tenho sentimentos.... acho que arranquei o motor de geladeira do peito e to uma pessoa mais sensível... Ando achando bonito declarações de amor, beijos apaixonados e momentos de babaquices sentimentais... Não sei se isto é uma fase... acho que é mais um momento de transformação.... em que vc entende que as coisas podem ser mais leves, menos chatas e menos sexuais... Claro que não to esquencendo isto... porque de verdade eu sou ariana e uma das funções de áries nesta vida é aprimorar até a perfeição o lado sexual... Mas não é só isto.... Não sei direito o que é... também não sei se quero descobrir de uma vez... quero experimentar...

quarta-feira, 14 de janeiro de 2009

Ai que saco...

Há nove anos, todo janeiro é isto... começa esta coisa chata, sem graça, boba chamada BBB.... Eu sei que não é nenhuma novidade que a grande maioria das pessoas odeia o programa... E esta grande maioria também fica lá assistindo aquele bando de gente dentro da jaula... Eu não gosto. Não vejo... só que o mundo a minha volta só fala sobre isto... Aliás como eu trabalho em TV... é um pouco difícil ficar sem saber dos assuntos que se desenrolam dentro da casa... Eu não tenho nada contra realities shows... mesmo porque é um programa neste formato que paga as minhas contas... Gosto muito de vários. O que eu não gosto é de gostosão e gostosonas burras balançando a bunda... E gritando urrrhhh sem parar... Saco... mas pelo jeito eu sou a única. Minha filha adora... ela quer assinar o pay-per-view... eu disse que só depois que eu morrer ela pode fazer isto... Não podeira aguentar aquilo no meio dos meus preciosos 300 canais... Mas ontem foi legal ver... um show de horror para ninguém botar defeito... muitos erros de produção. Muitos... na verdade eu estava rindo da desgraça alheia... ehehe.

quarta-feira, 7 de janeiro de 2009

A razão do saber

Eu sou uma pessoa que gosta muito de estudar. Não sei o por quê. Mas eu me dedico. Apesar de ter sido uma adolescente rebelde eu conseguia ser também uma boa aluna. Para desespero dos meus professores que não entendiam como uma pessoa podia ganhar grana vendendo cola, ou fazendo trabalho para os outros. Enfim... todo mundo tem um passado negro e o meu sei lá... Mas eu sempre me perguntava por que era preciso entender logarítimo?? Por que eu precisava saber todas as fórmulas de física e decorar a tabela períodica com as substâncias químicas?? Até hoje não sei bem a diferença entre PA e PG. Tenho sérios problemas para usar o sinais de maior e menor. Não sou capaz de entender os segredos por trás mínimo denominador comum, MDC e em toda a minha vida não me lembro de ter usado o número PI. Aliás nem sei se ele pode ser usado ou é apenas um entidade feita para nos assombrar.... Triângulos, retângulos, ângulos, enfim... Pra que tudo isto??? Então lendo Davis Sedaris eu descobri que todo este conhecimento lhe é útil, quando vc chega a uma determinada idade e passa a ser obcecado por palavras-cruzadas. Sem ter passado horas com a bunda num banco de escola vc não seria capaz de fazer palavras-cruzadas do Estadão por exemplo, que eu já reparei vai ficando mais complexa e com menos ajuda com a chegada do final da semana. No sábado é muito difícil e no domingo é mais fácil. Na internet vc pode fazer palavras-cruzadas on-line competindo em tempo real com todos os nerds do Brasil que se vangloriam de saber que o símbolo de Bório é Bh... esta é pegadinha. Vc sabe qual é o nome Rio de Berna?? Esta é fácil: Aar. Árvore comum na Califórnia?? Mamífero marinho presente em todos os oceanos?? Gás nobre? 1890 em número romano??? Na verdade eu vejo que todas as peças se encaixam: vc estuda como um camelo para fazer palavras-cruzadas que é o único passatempo capaz de manter a sua memória funcionando, evita o mal de Alzheimer. Ainda por cima melhora consideravelmente o seu vocabulário e a quantidade de conhecimento inútil. Sem contar que diverte. Estou muito feliz em ter descoberto a razão do saber.

terça-feira, 6 de janeiro de 2009

Maysa, a cantora

Maysa é a cantora preferida da minha mãe... Sendo assim eu cresci ouvindo história sobre a mulher forte, com uma voz incrível... E também passei a gostar muito. Tenho muitos discos. Alguns herdados e outros que acabei comprando. Se ela é a rainha da fossa... eu também sou... então tem horas que vodka, cigarro e Maysa curam qualquer ferida.... Gosto muito de Ouça, Meu mundo Caiu e a incrível bossa O barquinho. Ontem quando vi o primeiro capítulo da minissérie senti uma certa emoção... Adorei o roteiro, o luxo das gravações, a coragem do Jayme Monjardim de colocar em close uma atriz tão parecida com a sua própria mãe.... Como deve ter sido louco este processo. E a história é do jeito que eu adoro: dramas, lágrimas, amores, traições, sonhos, arte.... Fora que é bom conhecer melhor a história desta cantora, com uma voz tão linda.

domingo, 4 de janeiro de 2009

2009

Antes de mais nada Feliz Ano Novo!! Acho que mesmo que as coisas não estejam assim tão felizes... é preciso repetir a frase. Fazer destas palavras mantras... Feliz Ano Novo. Eu passei muito bem... Graças a Deus... comi como uma maluca... e não sei sinceramente as consequências quando eu tentar entrar numa de minhas calças jeans... sinto que vou sofrer...
Toda vez que vou para Minas, assisto muita televisão... Não tem quase nada para fazer então... e vi muitos jornais... e o ano começou com muitas bombas.... literalmente. Vejo as imagens na TV e me pergunto quantas cenas como estas ainda vamos ver? Vc não tem a sensação de que sempre o mundo esteve em guerras. As mais recentes que consigo me lembrar: Malvinas, Beirute, Equador, Líbano, Kwait, Irã, Iraque, Bósnia, África, Timor-Leste, Afeganistão, Turquia.... Atrocidades cometidas em nome de terra, dinheiro e no Deus particular de cada um. Me parece que esta ofensiva Israelense é mais terrível do que a desculpa dos Estados Unidos em invadir o Iraque... Armas Químicas?? Álguem achou ?? O Hamas mandou foguetes contrabandeados.... Israel enfiou o pé na porta e o mundo assiste chocado e se perguntando onde isto vai dar??? Não há razão em nenhum dos lados... por mais que os analistas internacionais tentem explicar... Não há razão nehuma. Nada explica tanta gente morta. Tanto sofrimento. Que tipo de aprendizado é este?? Não há justificativa para a guerra. Não precisávamos tomar este caminho. Com todos os problemas que os EStados Unidos têm, eles ainda não tem coragem de dizer uma palavra mais dura à Israel. Enquanto o mundo pede o cessar fogo... Bush pede que se coloque nos relatórios os foguetes do Hamas... E a ONU mais uma vez está reunida, sem chegar a lugar nenhum... Sem fazer nada a não ser tratar de feridas, literalmente. Além é claro de fazer valas comuns para enterras os mortos. Não estou defendendo nenhum dos lados... Mas é preciso o cessar fogo imediato. A entrada da ajuda humanitária. Depois desta guerra, assim como aconteceu com o Hesbollhar, o Hamas se tornará ainda mais disposto a tudo pela sua vingança... vai ganhar apoio. Mesmo suas facções internas podem se unir e o terror aumentar... Parece que nunca terá fim... Tenho muito medo... Acompanho a história daqui do Brasil. Não sou árabe, nem judia. Vivo num país com seus próprios sofrimentos e suas guerras.... Contudo, o mundo nunca foi tão pequeno... E em meio a tantas crises... Dizem que quando falta dinheiro no mundo, o jeito mais rápido de se levantar grana alta é fazendo uma guerra. Assim a indústria bélica pode funcionar e render dinheiro para governos e pessoas falidas. Parece discurso de militante xiita de esquerda.... Mas eu não sei se tem relação... é apenas uma especulação e mais uma vez a história se repetindo. Quase todas as Guerras tem alguma relação com a falta de dinheiro... Pode ser coicidência... Pode ser macabro. Qual é o meu desejo de Ano Novo??? O que eu queria que mais se realizasse?? Paz no Mundo.