terça-feira, 27 de novembro de 2007

O último pôr-do-sol

((A gente ainda não foi embora... mas no dia que for e esta é a nossa única certeza... será como o Lenine cantou...)

A onda ainda quebra na praia,
Espumas se misturam com o vento.
No dia em que você foi embora,
Eu fiquei sentindo saudades do que não foi
Lembrando até do que não vivi pensando nós dois
Eu lembro a concha em seu ouvido,
Trazendo o barulho do mar na areia.
No dia em que você foi embora,
Eu fiquei sozinho olhando o sol morrer
Por entre as ruínas de santa cruz lembrando nós dois
Os edifícios abandonados,
As estradas sem ninguém,
Óleo queimado, as vigas na areia,
A lua nascendo por entre os fios do teus cabelos,
Por entre os dedos da minha mão passaram certezas e dúvidas
Pois no dia em que você foi embora,
Eu fiquei sozinho no mundo, sem ter ninguém,
O último homem no dia em que o sol morreu

domingo, 25 de novembro de 2007

L.15 anos e mais duas mulheres

O Brasil está chocado com a história da adolescente acusada de furto que ficou presa durante 20 e poucos dias numa cela com mais de 20 homens. Ela foi violentada de todas as formas possíveis e agora está sob a custódia do Estado. Mas eu queria entender como L. foi parar nesta cela...
A sua história começa com a estrada Belém-Brasília criada em 1975 e que fez a pequena Abaetuba e sua vizinha Bacarena, cidade natal de L.,no interior do Pará perderem a sua principal fonte de renda, produção de cachaça nos mais de 50 engenhos da região, e ganhar outra: ser rota de passagem para o Oceano do tráfico de drogas. Mais ainda, com a chegada do porto que distribui minério produzido pela Vale do Rio Doce para o resto do mundo. O que isto tem a ver? Com esta conjunção de fatores desencadeados por mais de trinta anos, mulheres como L. não tem muito o que fazer a não ser prostituição e drogas. Sem trabalho, sem estudo, sem cultura, sem saúde. Isto é uma justificativa? É o sintoma de uma doença chamada miséria. L. não é ninguém... Pobre, viciada, prostituta. É isto o que ela é. Mas o que a coloca nesta situação? A vida sem esperança... A vida sem sentido. A vida num lado do país que não tem olhos, não tem dono e principalmente não tem lei, ou melhor mais do que lei, não tem justiça. A cela onde L. ficou presa dava para ser vista da rua e quem passava podia ouvir os seus gritos de ajuda. Mas ninguém falava nada. Porque se falasse também corria o risco de ter o mesmo destino. L. foi presa em outra cidade próxima a sua, Abaetuda. A cidade possui mais de 400 bocas de fumo, em 2005 aconteceram mais de 30 assassinatos, todos sem investigação ou punição.
Quem colocou L. de 15 anos na cadeia com os outros homens foi a delegada Flávia Verônica Pereira, e quem a manteve presa nesta condição foi a juíza Clarice Maria de Andrade. É bom a gente guardar estes nomes e saber quem são estas mulheres. Não gosto muito de sentimentos que dividem as coisas entre homens e mulheres. Mas nesta questão eu me pergunto: como duas mulheres fazem isto? Com outra mulher? Que poderia ser filha, irmã destas duas mulheres. Até que ponto o crime que comanda a cidade é o mais importante do que o sentimento que alimenta os direitos humanos? Já sei, as duas não são humanas, são um outro tipo de espécie... que a apesar de viver para representar a justiça, já venderam a alma ao diabo a muito tempo... Que diabo estamos falando??? Quem sou eu para dizer... mas uma coisa eu sei... ele deve ter alguma coisa com a porra da cocaína. Assim L. mostrou para o Brasil e o resto do mundo, o que o Pará tem de bom: drogas, prostitutas, uma das piores estradas do mundo, minério e muita gente abandonada... Onde fica o Pará mesmo?? Prá que se preocupar se nem os próprios brasileiros sabem... Quem é L. mesmo?? Quando a comoção passar ninguém vai nem lembrar desta história, aliás vai ser mais uma na nossa coleção de barbaridades.

Alaroiê!!

A sua luz, a sua força, a matéria que recebe!!
Quem recebe divide.
Quem divide, recebe.
Trabalho para todo o dia.
Saúde para toda a hora.
Paz para todo o tempo!!

quinta-feira, 22 de novembro de 2007

No music day, no way!!!

Alguém já ouviu falar na famosa obscura banda KLF?? Então... foi uma famosa banda obscura conhecida nos anos 90. Ela era underground no Reino Unido. Ou seja...não significou nada para ninguém... E se vc escutar vai entender porquê. O seu vocalista, o escritor rebelde, pensador, artista conceitual e ex-astro de rock Bill Drummond inventou o Dia sem Música. Ontem, no dia 21 de novembro, um dia antes de 22 de novembro, dia de Santa Cecília padroeira dos músicos. O cara é um anti-artista. Um rebelde sem talento artístico, mas com talento verborágico... Coisa que tem ganhado cada vez mais espaço no mundo... Ou seja, ele fala, mas não faz nada e ainda inventa esta coisas estúpidas... que pasmem está ganhando também cada vez mais espaço. NO dia sem música, por exemplo a BBC não toca nem jingle.... Nada de música. Nenhuma!!! Para mim isto é um tormento. Não consigo imaginar a vida sem ouvir música. Como assim?? Todos os dias eu acordo e ligo o rádio ou coloco um cd para tocar... Eu saio na rua e coloco meu MP3 no ouvido. Eu entro no carro e ligo o rádio... Aliás para mim eu poderia ter um carro sem rodas tranquilamente se ele tivesse um som... Sabe por que o senhor criativo resolveu promover esta besteirada?? Porque ele acha que tem música demais no mundo e nem todas tem qualidade... Então um dia sem música nos faria pensar que precismos melhorar a qualidade das música...Ãhn??? Sabe como a Banda do Bill terminou?? Nem ele sabe... de uma hora para outra eles pararam de tocar e queimaram todo o arquivo de músicas da banda. Ah pelo menos isto. Não é possível controlar a música nas pessoas... não mesmo. O ser humano precisa de música, para alimentar seus mais incríveis sentimentos. Só por causa do dia sem música eu quase tive uma overdose e ouvi boa parte dos meus muitos gigabytes de música. Música, música, música!! Cada um tem seu gosto e sua necessidade. Eu quero promover o dia sem conversa fiada, sem brigas, sem palavras de agressão, quero o dia da música!!! Que ela toque sem parar. Para sempre. Já que ele quer tanto silêncio, podia começar pelo seu próprio. Desculpem mas to revoltada.

terça-feira, 20 de novembro de 2007

Sabedoria, bondade, ensinamento

Tudo o que há de bom, há na missão dos Pretos-Velhos. São as entidades do amor, da bondade, do ensinamento, de quem ouve e principalmente sabe o que dizer... De quem entende o homem e apesar de tanto sofrimento, já que a grande maioria sofreu com a escravidão, não deixa de acreditar no amor humano. É quem te abençoa e protege as crianças. Que reza por vc, mesmo quando vc não acha que alguém poderia lhe fazer isto... É quem lhe mostra o poder da Fé. Salve todos os vovôs, as vovós!! Salve os Reis do Cruzeiro Divino, onde as almas estão para rezar. Salve a força da luz que nos conduz, as vezes mesmo sem poder, carrega no colo. Salve a Luz de Pai Joaquim e toda a força e ensinamento de Pai João!!
Tempo, nobre tempo
Estarás tu em minha alma
Tempo, nobre tempo
Estarás tu ao meu alcance
Tempo, adorado tempo
Eu sou nobre e por esta nobreza
Minhas mãos alcançarão
O meu tempo, a minha luz
Que assim seja o meu Pai Joaquim.
Faço do seu canto um ritual de Fé
Fizeram das palavras
Um canto e transformou
Um ritual de Fé
Fé em você,
Nos seus pés, na sua inteligência!!
Salve Pai Joaquim. Sempre!!

domingo, 18 de novembro de 2007

100 cervejas antes de dormir...

Não tem o livro, Cem escovadas antes de dormir?? Pois bem... ontem eu vivi 100 cervejas antes de dormir... Churras na casa da Mafê. Um encontro família.... Mas como a gente não tem noção... quase 100 cervejas... Devo confessar que fazia um tempo que não enchia a cara, como ontem... Foi bom tava precisanado... Assim como também tô precisando arrumar um jeito de ser mais convicente na minha fase amor...É verdade... eu to querendo mudar, ser uma moça de família... ehehe As vezes eu mesmo vejo como é impossível... Mas como disse o amigo do Mafê o Titi "to só querendo ser recatada, no final das contas só uma puta louca"!!! E ele só me conheceu por quatro horas!! Isto é extremamente desanimador... e vejo que o meu caso não tem solução. Vou ali cortar os pulsos e já volto... Adorei, conversar com os amigos, colocar o papo em dia, matar a saudade. Mas que foi pé na jaca, ah isto foi!!! Bem legal. Brigada Mafê.

terça-feira, 13 de novembro de 2007

Fernando Pessoa

((roubei do blog da Mafê e agora é a frase que fica na minha frente para eu não perder de vista alguns objetivos))
"Viver não é necessário; o que é necessário é criar. Não conto gozar a minha vida; nem em gozá-la penso. Só quero torná-la grande, ainda que para isso tenha de ser o meu corpo e a minha alma, a lenha desse fogo".

Mais um não... mas a vida é assim... Fico triste... mas já passou... vamos prô próximo.

O teste da escova

Mulher é completamente maluca... e cada vez mais eu comprovo isto. No aniversário do Tiagão, o princípe filho da Mafê, entre delícias calóricas uma amiga, da qual não posso falar o nome para resguardar a sua identidade, me falou do teste para saber se a sua bunda está no fundo do poço. Basta vc escovar os dentes pelada e aí conforme a sua bunda balança vc sabe o seu grau de flacidez.... Fala sério? Que tipo de mente desenvolve estes pensamentos?? O certo é que ainda não tive coragem de realizar o teste, aliás por via das dúvidas toda vez que vou escovar os dentes uso uma cinta daquelas bege bem firme... Acho que não estou no momento de encarar tais verdades... Mas se vc tiver coragem, faça o teste... e guarde o resultado para vc. Acho que para os moços o teste deve funcionar, só que a barriga é que balança... Idade... ah a idade...

Você é muito bonito

Este é o nome de uma simpática comédia romântica francesa com o ator ranzinza Michael Blanc... O filme é uma graça e conta a história de um viúvo que precisa arrumar uma mulher para ajudá-lo a cuidar de sua fazenda, no interior da França. Ele vai até a Romênia procurar uma moça e claro acaba se apaixonando... Filme singelo e como disse a Belinha, que não gosta muito de filmes franceses, este filme é muito bonitinho... Como todo mundo sabe do meu gosto duvidoso, a Belinha é bem mais fina do que eu.... Vale a pena: Você é muito bonito.

Por que não te calas??

A frase do Rei Juan Carlos para Hugo Chaves na falido encontro Ibero-Americano foi uma desmonstração do quanto o governante venezuelano está indo além dos limites do razoável. Ele não pára de falar e costuma ganhar as discussões no grito... Acho que já é sabido as minhas opiniões sobre Hugo Chaves, mas eu queria aproveitar para dar os parabéns para o Rei, que pelo menos não agiu como um banana no segundo incidente diplomático provocado por Chaves... O primeio foi quando ele chamou o Lula de magnata do petróleo por causa da Bacia Tupi... O mal estar foi generalizado entre todos... mas Lula resolveu levar a coisa na brincadeira...Vai ver é assim: enquanto todo mundo leva os ideais megalomaníacos de Chaves a sério, o governo brasileiro vê como uma brincadeira...

quarta-feira, 7 de novembro de 2007

I have a bad dream today

Eu pensei em falar sobre a corrida armamentista do nosso vizinho Hugo Chaves... mas eu realmente tenho idéias muito confusas sobre tudo isto... Primeiro vamos lá... O ditador da Venezuela se encontrou as claras, para todo mundo ver, com aquele outro ditador que vive sentado em várias ogivas nucleares e que tem um nome esquisito e ainda por cima é presidente do Irã, o simpático Mahmoud Ahmadinejad. Não se sabe ao certo que tipos de negócios foram tratados... Aí depois toda esta história da nova constituição venezuelana que instala na Venezuela o socialismo bolivariano... Não me pergunte o que é isto, porque se eu me lembro das aulas de história e isto tem a ver com o Simon Bolivar... a coisa é bem pesada. Haja visto que o cara era na verdade um notório soldado, com um desprezo preocupante pela democracia, travestido em ideais libertadores. Mas a questão é que se Hugo Chaves tem como ideal de consumo Simon Bolivar.... Toda a América do Sul deveria ser libertada do domínio do mal. E qual é este domínio do mal?? O Tio San. Aí na calada da noite, como todas as coisas feitas no Brasil, pediu-se um levantamento (por isto que é bom ler as notas dos jornais), sobre a situação armamentista do nosso querido país tropical... e chegou-se a conclusão que as nossas defesas em relação a armas, caças, escudos e outras coisas usadas em guerras são, assim como posso dizer de forma educada?? Rídiculas. Aí o Brasil entrou lá atrás na corrida para se armar... Preocupante isto. Hugo Chaves pretende invadir o Brasil?? Acho difícil... mas ele já considera a Bolívia como sua. E o gás da Bolívia não chega mais ao Brasil. E para chegar, o cocaleiro Evo Morales fez uma série de exigências... Coisas que o nacionalistas tupiniquins acham um absurdo e por eles nós é que deveríamos invadir a Bolívia.... E a tranquila, pobre e pacata América do Sul entraria em guerra... Pelo gás da Bolívia?? Claro que não... o gás é só um pretexto... O mundo quer o etanol brasileiro... não está assim tão interessado no petróleo venezuelano e é melhor comprar gás na África, apesar do custo do transporte. Então... voltamos para a questão zero: tudo é por causa do petróleo. Mas o Hugo Chaves levanta todos os dias com vontade de ser rei na América do Sul. Ele está montando um exército bem equipado e o pior de tudo com soldados dispostos a lutar por um ideal, que ele vende muito bem. O Brasil precisa defender a sua fronteira com a Bolívia... já que é por lá que as portas do inferno vão se abrir. O Brasil precisa de eletricidade e as termoéltricas são abastecidas por gás, fora todos os táxis, os carros de quem fez a mudança para gás e claro as indústrias que empregam milhões de brasileiros... Alguém sabe que os guarda-costas de Evo Morales são venezuelanos, da guarda pessoal de Hugo Chaves??? Então na verdade Evo Morales é um refém de luxo??? A Europa e os Estados Unidos vão deixar?? Seremos invadidos por missões de paz da ONU?? Quantos canhões vamos apontar para o lugar que o Brasil sempre deu as costas?? Que tipo de armas estamos precisando?? O etanol vai salvar o planeta do aquecimento global?? E por fim Angra 3 vai ser construida com a ajuda do Mahmoud Ahmadinejad?? Viu como tudo é muito estranho?? Não consigo entender....

segunda-feira, 5 de novembro de 2007

O merchandising mais caro do planeta...

Quando eu era criança pequena, e eu sou da primeira geração de crianças criadas na frente da televisão, eu adorava o desenho dos Transformers.... Adorava... Queria também me vingar do Megatron e achava o máximo as máquinas terem tantos sentimentos... Fora o meu gosto por carros, que isto merece um outro post... Aí eu não consegui ver o filme no cinema e não via a hora de vê-lo lançado em DVD. Minha ansiedade chegou ao fim... porque assisti o filme neste fim de semana... e vou te contar: é legal.... mas... cansa. Primeiro que o filme é um grande merchan descarado da GM... A marca da montadora brilha na tela junto com o Camaro que salva o mundo... Além é claro das caminhonetes, caminhões e todos os outros tipos de carros que aparecem no filme... É um filme de meninos... com todas aquelas coisas. A menina mais bonita sai com o babaca, o mocinho na verdade é um babaca, mas ele é legal... O governo dos Estados Unidos aparece como o governo dos EStados Unidos e a coisa dos soldados longe de casa fica um pouco assim como vou dizer, uma mensagem subliminar... Que nós sabemos são as que mais funcionam... De resto é um show de efeitos especiais com direito a todo tipo de destruição... O começo do filme é mais legal do que o final... Ah também tem merchan da Nokia... Para quem está estudando o tema ou tem interesse em como fazer um filme virar um supermercado é obrigatório... Divertidinho... nada mais.