sexta-feira, 30 de abril de 2010

Olhando fotos...

Abril já está quase acabando e eu quase não tive tempo para escrever aqui... Mas isto é normal... Mas depois do meu aniversário no último dia 15 de Abril e aos 38 anos eu tenho pensado muito no tempo... Qual é de verdade o meu tempo? Eu sei responder isto de forma muito rápida: o meu tempo é hoje. Mas é possível deixar o passado pra tras e só pensar no aqui e no agora? Deixar o futuro no futuro e entender que ele vem, vira presente e depois passado... Num ciclo sem fim que não podemos interromper, que está na essência de toda a existência humana? Ou alguém consegue controlar o tempo? Você pode achar que ele está passando depressa, que está devagar; aproveitá-lo com serenidade e tudo mais... mas isto serão suas sensações, aos olhos da física, o tempo continua sempre para frente. E mesmo que você decida ficar parado... isto também é um problema seu, porque o tempo em si, o seu tempo vai continuar andando... Então se antingamente tudo era melhor do que hoje é porque "antingamente" está no seu coração... E você se fechou para o tempo de agora. É como visitar uma praia linda, tirar uma foto entrar no carro e sair correndo... sem pisar na areia, sem sentir a brisa, sem sentir o mar... Estamos na praia... estamos na onda... tudo está rolando... agora é você que decide se entra na praia ou vai ficar a vida toda olhando fotos...